6 dicas para um cabelo livre de frizz 

O mais comum dos problemas capilares femininos, o frizz é o reflexo da saúde os fios que quando danificados ficam com as escamas abertas, facilitando a perda de nutrientes e tornando o cabelo ressecado, quebradiço e, consequentemente, eriçado, já que não consegue manter o sentido correto do crescimento.

O problema pode vir de todos os lados, desde secadores, chapinhas e procedimentos químicos até mesmo as condições climáticas, ou o jeito de se secar os pentear as madeixas, por isso reunimos aqui dicas preciosas para que essa seja a menor das suas preocupações. Confira!

  1. NA LAVAGEM

Dê preferência para produtos próprios para os seus cabelos. A temperatura quente desidrata, por isso use água morna ou fria. Hidratações semanais são sempre bem-vindas.

 

  1. NA SECAGEM

Remova a umidade dos fios sem esfregá-los na toalha, pois a fricção aumenta a eletricidade estática, é um belo convite para o frizz dar as caras. O ideal é amassar as madeixas levemente para tirar o excesso de água. Para quem faz uso do secador é melhor optar por um modelo emissor de íons negativos, que equilibra a carga elétrica do fio, sela as cutículas e dá brilho, evitando sempre as altas temperaturas e não abrindo mão de um protetor térmico.

 

  1. AO PENTEAR

Substitua o pente de plástico por um modelo de madeira com dentes largos ou uma escova wet brush-pro, que é projetada para desembaraçar especialmente o cabelo úmido, suas cerdas desembaraçam com facilidade até mesmo os nós mais difíceis.). Penteie as madeixas com delicadeza; primeiro as pontas e só depois o restante do comprimento. Evite escovar o cabelo excessivamente.

 

  1. AO FINALIZAR

Leave-ins, reparadores, oleos, mousses e fixadores são alguns dos melhores finalizadores para assentar o frizz. Nos cabelos lisos invista em produtos fluidos ou em gel, já os fios cacheados se beneficiam mais de veículos em creme ou mousse, as madeixas onduladas, por sua vez, se adaptam melhor a séruns ou sprays. O óleo capilar é curinga para todos os tipos de fio, mas dê preferência aos de consistência leve.

 

  1. PARA DORMIR

Recorrer a cosméticos noturnos duas vezes por semana é uma boa medida para controlar os fios que desafiam a gravidade. Como complemento utilize uma touca ou fronha de cetim ou seda.

 

  1. NO SALÃO

Além de hidratações quinzenais, a reconstrução é um dos melhores tratamentos para reduzir o frizz e deve ser feita mensalmente. Ao repor proteínas e selar as cutículas, o tratamento reduz a porosidade do fio e equilibra o seu pH, alinhando a superfície da fibra, conferindo também brilho e maciez.

0 comentários

Escreva um comentário

Fields with * are requierd