6 dicas para cuidar da textura natural das suas madeixas

Assumir a textura natural dos fios não é tarefa fácil, depois de manipulada a fibra capilar pode ir perdendo o seu formato progressivamente e, a depender da técnica, de forma definitiva. Por isso o caminho de volta é tão difícil, ele exige paciência, dedicação e uma dose pessoal de sacrifício. Para dar uma forcinha, listamos aqui algumas dicas para ajudar no difícil caminho da transição capilar:

 1. Invista num cronograma capilar

Fatores como porosidade e ressecamento deixam as madeixas opacas e com mais frizz, comprometendo o resultado final, por isso é ideal construir um cronograma capilar específico para as necessidades dos seus fios, com hidratação, nutrição e reconstrução organizadas semanalmente para recuperar e manter a saúde e o brilho do cabelo. 

2. Curta o volumão

Quando o cabelo está com mais de uma textura e você ainda não está pronta para um corte mais radical o que mais incomoda é o volume natural da raiz frente ao cabelo ainda sob efeito de algum processo químico. Nesse momento é importante se livrar de certos hábitos, como prender os fios ou recorrer a uma química “levinha” pra baixar a raiz, esses paliativos acabam tornando os fios mais frágeis e distanciam você do fio ideal. Com o corte certo, alguns truques de finalização e produtos específicos, é possível que você comece a amar as suas ondas ou cachos sem química ou ferramentas de calor.

3. Aprenda técnica de texturização

A melhor maneira de redescobrir a textura das suas madeixas é aprender a cuidar do cabelo e a transição é mesmo o momento da experimentação, tanto dos produtos e das quantidades adequadas, quanto do formato do fio até a sua textura definitiva. Procure aprender técnicas de estilização  com grampos, a fitagem ou as tranças twist, por exemplo, para lidar com mais tranquilidade nesse período e lembre-se de que cabelo tem personalidade. 

4. Evite as ferramentas de calor

Não abuse de difusor, babyliss ou modeladores de rotação automática, o calor deforma o formato natural da fibra, por isso é essencial o uso de um protetor térmico e de temperaturas mais baixas. No uso do difusor é importante ter o cuidado de usar o jato mais quente em todo o comprimento e mais frio junto à raiz. No chuveiro a regra é a mesma, utilize as temperaturas mais frias possíveis.

 5. Aposte no corte certo

Como os cabelos em transição apresentam mais de um tipo de textura, com níveis de ondulação distintos, investir num corte a seco ajuda a encontrar o seu caimento natural e harmonizar as texturas e corrigir o crescimento irregular dos fios. 

6. Dê mais atenção à sua alimentação

Os cabelos, assim como a pele, são diretamente afetados por seus hábitos de vida, já que são compostos basicamente de proteínas. Uma alimentação saudável e equilibrada ajuda a fortalecer os folículos pilosos, impedindo que os cabelos fiquem frágeis e quebrem com frequência. Então, manter uma alimentação saudável, ingerir bastante água e evitar o consumo de álcool, cigarro e noites mal dormidas interfere diretamente na qualidade do fio de cabelo e no seu ciclo de crescimento.

Cores de cabelo que rejuvenescem

Para você que gostaria de ficar mais nova alguns anos e ainda dar uma renovada no visual, separamos essa matéria para você apostar!

Loiro Iluminado
A ideia é usar a base dos fios escura com o comprimento mais claro, dessa forma você vai criar um contraste lindo, além de iluminar o rosto e rejuvenescer a região.

Golden Melon
O tom é como se fosse um ruivo puxado para o loiro ou um loiro puxado para o ruivo: você decide! A cor é ótima para dar uma repaginada e também ajuda a iluminar toda a região do rosto.

Castanho Iluminado
Quem ama os fios escuros também vai se encontrar nesse post. O tom na “versão 2.0” vai ajudar a iluminar e contornar o rosto, sem perder ou sair da cor natural.

Tendências de coloração de cabelo para este inverno

Nesse inverno, há muitas novidades em colorações.

Temos o Ruivo ou alaranjado: As loiras sempre foram destaque e muitas mulheres correram para os salões para mudar as madeixas para um tom mais claro. Porém a nova tendência do ruivo ou alaranjado vem dominando o mundo dos famosos. Um exemplo que todo mundo vai se recordar é do cabelo da atriz Marina Ruy Barbosa. Os fios ruivos que ela tem são a sua marca registrada e muitas pessoas acabaram se inspirando nela para seguir essa tendência que já vem de algum tempo.

Loiro platinado: Essa tendência já vem aparecendo há algum tempo, mas agora, nesse inverno 2017, vem com tudo. Porém, para deixar os cabelos das mulheres nessa tonalidade é necessário tomar certos cuidados e usar produtos que ofereçam garantia em qualidade. A manutenção desse tom deve ser constante, assim como os cuidados.

 

Chocolate: Uma cor que cai bem em qualquer tom de pele. Ao contrário do ruivo e do loiro platinado citado acima, a cor chocolate é muito mais democrática. Também é excelente para aquela cliente que deseja mudar o visual, mas sem ser muito radical. O chocolate é um tipo de castanho que está sempre em alta, não importa a estação do ano. Nesse inverno, porém, ele está com tudo!

Preto: Finalmente o preto ganha destaque no mundo das colorações para cabelo. Da mesma forma que os platinados claríssimos estão na moda, os tons de preto também fazem sucesso. Ele é ideal para aquelas que desejem radicalizar e mudar o visual de vez ou mesmo para quem tem um tom muito parecido e só precisa escurecer um pouco. É possível escolher entre as nuances, que são variadas. Por exemplo, as mais frias puxam para um toque azulado nos fios, já as quentes possuem reflexos avermelhados. Cortes de tamanho médio e curto combinados com essa cor dão um ar de modernidade.

 

Metalizado: Assim como no mundo da moda, os metalizados estão fazendo a cabeça de muita gente. Aqui entram as cores acinzentado platinado e também o rose gold (parece um rosê).  São cores que ajudam a destacar a personalidade e são necessários muitos cuidados e manutenções constantes para a cor não desbotar. Por isso, é interessante produtos para preservar a cor e também protetores térmicos por conta do ressecamento dos fios.

Gostou de saber sobre coloração de cabelo que será tendência neste inverno? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades!

Atitudes que deixam o fio oleoso

Cabelo oleoso é um problema que atinge a maioria das pessoas que têm os fios lisos e finos. Com o clima um pouco mais frio a oleosidade acaba ficando mais controlada, mas nos dias mais quentes a sensação de cabelo sujo é certeira. Com certeza você já leu algumas dicas para diminuir a oleosidade, mas às vezes alguns simples hábitos da nossa rotina estão provocando o excesso de óleo no nosso couro. Você sabe quais são eles? Vem ver:
Lavar demais
Sim, ao invés de limpar, o ato pode piorar a oleosidade. Na tentativa de eliminar o óleo lavando todos os dias, o sebo natural do couro acaba saindo, fazendo o nosso corpo produzir mais ainda. Experimente intercalar as lavagens.
Tocar no cabelo
Talvez essa dica seja a mais conhecida. Da mesma forma que acontece com a pele, os fios não ficam de fora. Passar a mão ou os dedos no cabelo, piora a oleosidade.
Pentear demais
O ato estimula a produção de óleo pelo nosso couro. Foque no comprimento e evite a raiz.
Condicionador
O produto é essencial após a aplicação do xampu, mas tome muito cuidado com o excesso. A dica é a mesma de pentear os fios: foque no comprimento e evite a raiz.

Como arrumar seu cabelo long bob

Cortou o cabelo mas ainda não sabe como usá-lo? Reunimos ideias para te inspirar:

O long bob, corte na altura do ombro, continua fazendo sucesso entre as celebridades e as mais antenadas. Versáteis e modernos, os cabelos médios possibilitam diversas customizações e texturas. Este tipo de corte também tem o bônus de ser mais prático de cuidar e arrumar, se comparado com comprimentos maiores. Se você ainda é do time das que acham que só é possível fazer penteados elaborados e ficar linda com fios longos, reunimos sugestões para mudar de ideia e se inspirar:

Solto

Com o corte long bob, é possível ficar linda (e chique) mesmo com os fios soltos. Para dar mais textura e volume aos cabelos, aplique mousses e pomadas para obter o resultado desejado. Se o seu rosto é redondo, ainda vale apostar em uma franja maior para o lado e deixar a risca do cabelo na lateral, como as atrizes Jennifer Lawrence e Keira Knightley.

Meio-preso
Se você prefere deixar a testa ou a nuca livres, mas sem perder o comprimento dos fios, os penteados meio-presos são ideais. O meio coque, por exemplo, é rapidinho de fazer: basta puxar metade do cabelo para cima e fazer um coque bem alto para ficar linda.

Trançado
Fazer uma trança embutida no topo ou na lateral da cabeça é ótimo para quem se incomoda com o cabelo caindo no rosto, mas gosta de deixar os fios soltos. Caso queira controlar mais os fios, vale fazer uma pequena trança e prender o resto do cabelo em um coque traseiro, como a atriz Blake Lively. O resultado fica romântico e estiloso.

Todo preso
O rabo de cavalo baixo com acabamento polido da atriz Emma Stone é ótimo para domar os arrepiados do cabelo. O efeito molhado pode ser conquistado com a ajuda de gel. Basta dividir as madeixas na lateral, aplica-lo e puxar os fios para baixo com uma escova macia. Para deixar a testa e a nuca livre dos fios, uma boa alternativa é o charmoso coque baixo com arco de trança do estilo espinha de peixe, adotado pela atriz Dianna Agron.

 

fonte: claudia

Franja cacheada

Corte tendência nos anos 80 está de volta.

Não importa se o seu cabelo é liso, cacheado, ondulado… A franja é um dos penteados que pode deixar qualquer visual mais moderno e o truque da vez é apostar na versão cacheada da produção.
O estilo surgiu ao final dos anos 80, no movimento pós punk e início da era rocker, a la Bon Jovi e Axl Rose e pedia sempre muito volume e liberdade. E, como no Brasil vivemos hoje um momento de incentivo total à aceitação da beleza individual, é proibido proibir e a franja pode e deve ser usada em qualquer textura de fio.
Para dar forma aos cachos e controlar o volume, é importante usar um leave in ou anti-frizz. Ao cortar o cabelo crespo mais curto, é possível que ele fique um pouco rebelde. Por isso, existe a necessidade de disciplinar a franja para que ela tenha o caimento perfeito.
Na hora de cortar, é importante tomar cuidado. Vale deixar o comprimento dois dedos abaixo do desejado, já que ao se formarem os cachos, a tendência é dos fios se encolherem.

fonte: revistaglamour  e amaisinfluente

Tendência ousada: as famosas estão aderindo ao visual careca

Não é incomum ouvirmos falar de celebridades que rasparam a cabeça para viver algum papel no cinema ou na TV – Natalie Portman e Demi Moore são bons exemplos disso. As duas se desapegaram dos fios para viver Evey Hammond, em V de Vingança (2006), e Jordan O’Neill, em Até o Limite da Honra (1997), respectivamente.

Atualmente, essa tendência vem crescendo entre as famosas de Hollywood e não só para viver personagens. Veja abaixo as celebs que estão atualmente de cabelos raspados e mais lindas que nunca!

  1. Cara Delevingne
  1. Kristen Stewart

3. Halsey

  1. Amandla Stenberg

  1. Amber Rose

6 bons motivos para adotar o corte pixie

Para você que ainda está em dúvida se vai aderir o corte pixie ou não, que tal ver alguns motivos para decidir por ele?

– É versátil: Ele pode ser para todos os tipos de cabelo, dependendo apenas do corte e da qualidade do profissional que realize o procedimento. Além disso, um único corte permite várias formas de uso (ajeitadinho, texturizado, penteado para trás, efeito molhado com gel).

– Valoriza todos os formatos de rosto: basta apenas uma adaptação para as características de cada mulher. Tudo é ponderável e pode ser valorizado ou disfarçado pelo corte.

– É estiloso: Ele tem um ar de frescor e fashionismo e destaca que quem opta por esse corte deve ter atitude.

– É democrático: mesmo que demande mais atitude, isso não significa que seja exclusivo para uma faixa etária ou um determinado estilo. Todas as mulheres podem optar por ele, basta adaptar o corte ao seu desejo.

– É prático: por ser bem curto e com um desenho bem delimitado, seus cuidados são rápidos e também não exige muito trabalho para deixá-lo do jeito que você quer.

– É fresco: ele é um corte perfeito para quem não quer sentir calor na nuca durante os dias mais quentes.

O que não faltam são razões para aderir o pixie, não é mesmo? Se você, assim como a gente, se apaixonou por esse corte, é só juntar suas inspirações favoritas e se jogar!

Confira algumas inspirações

Tendência de cabelo para inverno

Se a intenção é mudar de visual, aconselhamos os cortes curtos que serão o destaque da estação. Pelo fato das mulheres usarem muita gola alta, cachecol e afins, os curtos possuem um atrativo a mais dando ao look uma ousadia sexy e moderna sem brigar com as roupas e acessórios.

Para quem não quer enfrentar a tesoura, a dica é investir em penteados soltos com bastante movimento, tornando o visual bem natural. Tranças desestruturadas e bagunçadas também devem fazer a cabeça das mulheres. O mais importante é adequar a tendência ao seu estilo.

 

O contour, técnica de maquiagem que realça, afina e ilumina algumas partes estratégicas do rosto, deixou de ser exclusividade da maquiagem e chegou aos cabelos. É criado nuances pontuais ao redor do rosto e funciona como uma iluminação estratégica para realçar os pontos fortes de cada pessoa.
Não existe um padrão para executar o hair contour. A cor da pele, o formato do rosto, a textura do fio, o corte e a cor do fundo natural precisam ser estudados antes. É muito importante que a nunce escolhida se comunique com o estilo de cada pessoa.
A técnica permite escolher a espessura da mecha e o tom do cabelo de acordo com as características de cada um. O hair contour usa muito o visagismo para a sua composição, diferente das luzes, que colorem os fios de maneira global – o contorno cria a personalização da cor.
No Brasil, pelo fato de existirem diversas texturas, cores de pele e formatos de rosto, nasce a necessidade de criar tons específicos para cada mulher.
Essa novidade nasceu depois das californianas, que funcionavam como um holofote, para iluminar o rosto de baixo para cima. A ideia do contorno nasce para aprimorar essa iluminação pontual, que não precisa ser só nas pontas. Pode ser nas franjas, no topo… É uma evolução da técnica de luzes.
Estuda-se o queixo, as maçãs do rosto, o tamanho testa, o pescoço. Vou iluminar pontos que são importantes para os outros ficarem mais discretos.
Por exemplo, uma testa alta consegue perder o foco com o contorno feito nas laterais. Cria-se efeitos de luz e sombra, ou seja, um tom mais claro para iluminar e um mais escuro para dar profundidade.